Clarice Lispector

Clarice Lispector

Seguidores

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Recordando Clarice Lispector



Este espaço é uma homenagem à grande Clarice Lispector. E o silêncio muitas vezes é necessário. Mas aqui as palavras que foram ditas antes não morrerão. Pretende-se ampliar este blog com publicações de poesia, literatura e arte de diversos autores brasileiros e internacionais.

Homenagem a Clarice Lispector no Facebook::
https://www.facebook.com/anafelixgarjan.artedaalmaazul?ref=ts&fref=ts#

Brasil, 09 de janeiro de 2014



Ana Felix Garjan
Grupo ARTFORUM Brasil XXI

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Clarice Lispector: 92 anos de nascimento e 35 de ausência viva

Clarice Lispector - uma ausência viva de 35 anos, após sua passagem na Terra!
 
 
 
 
Ela sempre merecerá nossos aplausos!
 
O espaço "Academia de Artes e Poéticas Clarice Lispector" tem grande honra de registrar, na data de hoje, dia 10 de dezembro de 2012, os 92 anos de nascimento da imortal pensadora, escritora, jornalista e poeta Clarice Lispector, nascidas em Chechelnyk, na Ucrânia na data de 10 de 1920.
 
Ela recebeu dos seus pais o nome de Haia Lispector. Com dois meses de idade veio com sua família para o Brasil, e foi criada no Recife (PE), de onde foi anos após para o Rio, e onde se casou com um diplomata. Por esse motivo ela passou muitos anos vivendo em outros países.

Lamentavelmente, por causa de um câncer ela veio a falecer no dia 09 de dezembro de 1977, um dia antes de completar seus 57 anos.

O maior conhecedor e especialista da obra de Clarice Lispector é o livre docente em Literatura Brasileira José Miguel Wisnik, que diz: A obra da escritora trancende a biografia. Ele a conheceu há muitos anos, e é professor aposentado da USP.


Ele assim se referiu:
"Estão com uma mania de biografia. Para mim é uma regressão, um atraso, um interesse anedótico pelas pessoas e não pelas obras delas. A pessoa não é o mais importante, a minha relação é com a Clarice escritora, disse Wisnik.

Para conhecermos mais sobre a vida de Clarice Lispector ele indica os livros: “Laços de Família” e “Paixão segundo GH”, que são os seus preferidos; “Mas prefiro a Clarice contista do que a Clarice romancista”, afirmou. Segundo Wisnik, para quem ainda não conhece a obra, é preciso simplesmente estar “desarmado”.



Brasil, 10 de dezembro de 2012
"Academia de Artes e Poéticas Clarice Lispector"
Coordenação Cultural

sexta-feira, 15 de junho de 2012

VAMOS ABRAÇAR A TERRA, por Grupos ARTFORUM Brasil XXI





2012 - Grupos ARTFORUM Brasil XXI - 12 anos


Vídeo "VAMOS ABRAÇAR A TERRA", 2008

"Todos Somos Um. Sejamos Mais que Um.
Sejamos Bilhões para ajudar a salvar o Planeta"!

*
Divulgamos pôster da Cúpula dos Povos, na RIO+20


Divulgação:
Grupos ARTFORUM Brasil XXI - 12 anos
Universidade Planetária do Futuro - Ano III



.
________________________
Departamento de Divulgação:
Ana Felix Garjan
.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Clarice Lispector renasce no mercado norte-americano


A diretoria e membros da 'Academia de Artes e Poéticas Clarice Lispector' - 4 anos, têm grande satisfação em divulgar um artigo sobre Clarice Lispector no mercado norte-americano.

Em breve estaremos organizando uma página dessa academia virtual, no Facebook.

Brasil, 30 de maio de 2012
Coordenação de Divulgação
..................................................


Ubiratan Brasil - O Estado de S.Paulo


 A escritora. Alguns de seus livros exigiram até oito versões no trabalho de tradução em inglês - Divulgação
Divulgação
A escritora. Alguns de seus livros exigiram até oito versões no trabalho de tradução em inglês.

É o momento Clarice Lispector - quinta-feira, as livrarias dos Estados Unidos começam a receber quatro livros (Perto do Coração Selvagem, Água Viva, A Paixão Segundo G. H. e Um Sopro de Vida) da grande escritora traduzidos para o inglês, todos pela editora New Directions, que já lançou no ano passado A Hora da Estrela. O fato repercutiu na imprensa, com o jornal Los Angeles Times citando a frase de um antigo tradutor de Clarice (1920-1977), Gregory Rabassa, que comparava a autora brasileira a Marlene Dietrich (no traço físico) e a Virginia Woolf (no traço estilístico).


“A maneira chocante com que fala dos grandes temas é a característica de sua prosa que mais desperta atenção do leitor americano”, acredita Benjamin Moser, organizador dos lançamentos e grande divulgador da prosa clariciana entre seus conterrâneos, especialmente depois de publicada a tradução em inglês de sua biografia Clarice, lançada em 2009 pela Cosac Naify. “São assuntos que, no nosso dia a dia, não temos coragem de enfrentar - a vida, a morte, o Deus - e que são os grandes temas universais, independentemente de detalhes superficiais, como a nacionalidade do leitor.”


Os quatro volumes chegam com um delicado projeto gráfico: juntas, as capas reproduzem uma foto de Clarice jovem. E, em um canto, são reproduzidos elogios de personalidades literárias como Jonathan Franzen (“Uma escritora verdadeiramente notável”), Orhan Pamuk (“Uma das mais misteriosas autoras do século 20”) e Colm Toíbín (“Um dos gênios ocultos do século 20”), além de uma citação do jornal The New York Times (“A principal escritora latino-americana de prosa do século”).


Moser, que descobriu a escrita de Clarice na universidade, durante um curso sobre literatura brasileira em que se estudou A Hora da Estrela, enriqueceu ainda a nova fornada de volumes com prólogos diversos, como o assinado por Caetano Veloso para Perto do Coração Selvagem e um surpreendente texto de cineasta Pedro Almodóvar que, ao recusar o convite de Moser para escrever sobre Um Sopro de Vida, acaba tecendo vários elogios à autora.


Apesar do enorme sucesso, Benjamin Moser considera tardia a chegada da obra de Clarice ao mercado americano. E o que a mantinha tão afastada? “A resposta é simples: uma má tradução”, acredita. “As antigas versões em inglês eram muito ruins. Tentaram preencher ou eliminar as estranhezas da linguagem de Clarice, de ‘completá-la’, sem entender que isso é que justamente fizeram de Clarice a escritora Clarice. Se conseguirmos na nova série fazer o leitor americano chegar mais perto do coração de Clarice, teremos sabido traduzir um pouco do encanto do seu português esquisito e belíssimo.”


Como editor de séries da New Directions, Moser já planeja novos lançamentos - em seus planos, figuram Contos Completos, além de uma obra infantil. Um trabalho de paciência, pois a dificuldade continua na tradução - alguns dos novos lançamentos, por exemplo, passaram por até oito versões. Mesmo assim, Moser orgulha-se de ter feito uma contribuição às letras americanas. “Trata-se de algo realmente revolucionário.”


No Brasil, os livros de Clarice são um dos bens mais preciosos do catálogo da editora Rocco, que prepara vários lançamentos a partir do segundo semestre. Em outubro, por exemplo, deve sair a coletânea Clarice na Cabeceira - Jornalismo, que vai reunir textos publicados na imprensa ao longo de quase quatro décadas.


Organizada por Aparecida Maria Nunes, a obra pretende oferecer uma amostra consistente da forma singular como Clarice praticava o jornalismo, seja no papel de repórter, entrevistadora, colunista de páginas femininas ou cronista, além de ajudar a traçar um perfil do próprio jornalismo brasileiro nesse período.


Também a obra infantojuvenil da escritora vai ganhar nova edição, com um projeto gráfico reformulado e volumes em capa dura. Os primeiros serão A Vida Íntima de Laura, ilustrado por Odilon Moraes, e A Mulher Que Matou os Peixes, por Renato Moriconi.


TRECHO
"Esse livro (Um Sopro de Vida) provocou em mim um efeito similar ao dos primeiros romances que li do sul-africano J. M. Coetzee. Cada frase acumula tal quantidade de significados, é tão densa, rotunda e rica que eu preciso parar antes de sentir um impacto semelhante a trombar com uma parede (...)
O romance é recheado de frases memoráveis sobre a criação literária e a passagem do tempo, o desespero e a multiplicidade humana, incluindo a necessidade de se falar de si mesmo, a procura por um interlocutor e o fato de se encontrar isso dentro de si mesmo. Quero citar frases dela na edição em livro do roteiro de A Pele Que Habito.”


Trecho da carta de Pedro Almodóvar a Benjamin Moser

.......................................................................................




Divulgação cultural:
Ana Felix Garjan
http://revistaartforumcultural.blogspot.com


sábado, 17 de março de 2012

Exposição: A Mulher São Muitas.São como flores - Grupos ArtForum Internacional


No Mês Internacional de Mulheres a arte-poesia e as homenagens são destaque em redes sociais, grupos, fóruns e comunidades relacionadas com os Grupos ARTFORUM Brasil XXI

Visite um espaço onde as mulheres são valorizadas:
Fórum Internacional de Mulheres pela Paz do Planeta - 4 anos

Organização: Grupos ARTFORUM Brasil XXI - 12 anos
ArtForum Internacional e ArtForum Planet

Apoio cultural: Universidade Planetária do Futuro - Ano III
Coordenação e Divulgação: Ana Felix Garjan
Produção: Maison D'Art Ana Garjan & Grupo
.
Blog do Fórum de Mulheres do Futuro

Brasil, 17 de março de 2012

Grupos ARTFORUM Brasil XXI:
Arte e Cultura por um Mundo Melhor
Sites
www.cidadeartesdomundo.com.br
www.artforumunifuturobrasil.org
...

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Adele tipped for Grammys 2012 performance - Music "Someone Like You"



Na Academia de Artes e Poéticas Clarice Lispector temos o prazer de ouvir
a bela canção indicada ao Grammys, intitulada "Someone Like You".

Maravilhosa canção, belíssima voz de Adele, cantora inglesa de sucesso!


Divulgação:
Ana Felix Garjan

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Clarice Lispector- 91 anos

Homenagem a Clarice Lispector
e sua contribuição à literatura internacional





Marieta Lispector, mãe de Clarice Lispector


Precisão




O que me tranquiliza

é que tudo o que existe,

existe com uma precisão absoluta.

O que for do tamanho de uma cabeça de alfinete

não transborda nem uma fração de milímetro

além do tamanho de uma cabeça de alfinete.

Tudo o que existe é de uma grande exatidão.

Pena é que a maior parte do que existe

com essa exatidão

nos é tecnicamente invisível.

O bom é que a verdade chega a nós

como um sentido secreto das coisas.

Nós terminamos adivinhando, confusos,

a perfeição.

[Clarice Lispector]



Meu Deus, me dê a coragem


de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites,

todos vazios de Tua presença.

Me dê a coragem de considerar esse vazio

como uma plenitude.

Faça com que eu seja a Tua amante humilde,

entrelaçada a Ti em êxtase.

Faça com que eu possa falar

com este vazio tremendo

e receber como resposta

o amor materno que nutre e embala.

Faça com que eu tenha a coragem de Te amar,

sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo.

Faça com que a solidão não me destrua.

Faça com que minha solidão me sirva de companhia.

Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.

Faça com que eu saiba ficar com o nada

e mesmo assim me sentir

como se estivesse plena de tudo.

Receba em teus braços

o meu pecado de pensar.
 
[Clarice Lispector]



Brasil, 16 de dezembro de 2011


Fórum Internacional de Mulheres do Futuro


Grupos ARTFORUM Brasil XXI

Mirabilia - Maravilha

Mirabilia - Maravilha
Artforum Mundi Planet

Academia de Artes e Poéticas "Clarice Lispector"

Planeta, maio de 2008 -Academia de Artes e Poéticas "Clarice Lispector" - "Um espaço não vazio"....

A Academia de Artes e Poéticas "Clarice Lispector", é especial homenagem à escritora Clarice Lispector, nascida em 1920 e falecida em 1977. A literatura brasileira começou a viver uma revolução chamada Clarice Lispector, em sua época. Uma revolução que começou com o seu romance "Perto do Coração Selvagem", e que até hoje respira a alma de Clarice que por sua vez inspira milhares de pessoas nessa nossa contemporaneidade multicultural da década XXI.

Estamos a exatos 12 anos do centenário de nascimento de Clarice e de sua poética literária, que continua considerada como única em seu tempo, que era o começo do século passado, quando com apenas 20 anos já manifestava suas posições em sua militância intelectual e a favor da liberdade, dos direitos humanos, e contra a sociedade machista da épóca.

A obra literária de Clarice Lispector continua inspirando os estudos e teses sobre a alma humana, pois ela escrevia o que sentia, numa literatura existencial, numa prosa poética e urbana cheia de sentimentos intensos.

Clarice nasceu em plena fuga, na Ucrânia. Seus pais eram judeus e fugiam da perseguição religiosa da Rússia. Ela chegou com seus pais ao Brasil aos dois anos. Naturalizou-se brasileira e, com sua inquietude e angústia, transformou a literatura nacional para sempre.
Brasil, maio, 2008 - XXI, Ana Maria Felix Garjan - idealizadora do espaço cultural: A Academia de Artes e Poéticas "Clarice Lispector".
*
Convidadas como Membros-Fundadoras: *Ana Felix Garjan, *Ana Luisa Kaminski, *Lara Lunna Stael, *Solange Malosto, *Luiza Caetano, *Elza Fraga, *Rosane Silveira, *Concha Rousia, *Bárbara Lia *Sônia Maria Batista *Zélle Bittencourt, *Adaljiza Marta Machado Cuan, *Anelise Sabino, *Leila Mauro, * Naza, e convidados especiais, que terão seus nomes registrados.

*Organização cultural: Grupos Artforum Renaissance Vie Universelle e Grupos Artforum Brasil Unifuturo - 2009.

Nossos sites e fóruns:

http://www.artforumunifuturobrasil.org/

http://www.cidadeartesdomundo.com.br/


http://forumdemulheresdofuturo.zip.net

http://forumculturaldomundo.zip.net

http://lamaisondart-anagarjan.com.br

http://poetaseartistasdomundo.arteblog.com.br/

http://projetoartforumuniversidade.blogspot.com


ARTE E CULTURA SÃO PÓLOS DE DESENVOLVIMENTO

Boas - vindas à Academia de Artes e Poéticas Clarice Lispector

Boas - vindas à Academia de Artes e Poéticas Clarice Lispector!
Este espaço cultural internacional é a Primeira Academia em homenagem à pensadora, escritora e poeta que muito contribuiu com a história da literatura brasileira e internacional. Esta academia foi organizada em maio de 2008, para homenagear a memória histórica da importante escritora Clarisse Lispector.
*
São membros-fundadores dessa academia personalidades convidadas a receberem o Diploma de Membro - Fundador da Academia de Artes e Letras Clarice Lispector. Grupo Diretor: Ana Felix Garjan - Presidente; Ana Luisa Kamisnki - Vice - presidente; Diretora de marketing cultural: Lara Lunna. As acadêmicas de acadêmicos e colaboradores farão parte do Centro de Academias da UNIFUTURO - Universidade Planetária do Futuro - Grupos Artforum Brasil XXI.
*
A diretoria desenvolverá o projeto *Centro Cultural e Galeria de Artes Clarice Lispector, a serem abertos através de blogs. Na academia serão organizadas páginas com nomes de destaque na poesia, literatura, artes, filosofia, psicologia e sociologia. Aqui serão publicados textos em homenagem a Clarice, às acadêmicas e pessoas especialmente convidadas.
*
Este espaço cultural, poético e literário foi aberto em maio de 2008, como resultado da proposta apresentada no Fórum Internacional de Mulheres do Futuro pela Paz do Planeta, em março. A academia foi organizada am 10 de agosto de 2010.
Brasil, maio de 2008
*
Grupos Artforum Renaissance Vie Universelle

Fórum Internacional de Mulheres do Futuro pela Paz.
Artforum Mundi Planet & Artforum Brasil XXI
Universidade Planetária do Futuro
*

*
"Vamos Salvar A terra"

Vídeo by Ana Garjan & Luuh Designer
http://br.youtube.com/watch?v=lxAAWGKJpFU